terça-feira, 24 de maio de 2016

Aquecendo o inverno dos cães carentes

Obrigada a todos que trouxeram cobertas, travesseiros e mantinhas, doamos tudo hoje, dia 24 de maio. Olhem meu carro como ficou cheio de doação...minha carinha de feliz...eheheheheh. Muito agradecida mesmo, em nome dos que não podem falar. Entregamos tudo no lar temporário, no qual estão os dogs resgatados pela nossa ONG.
Fico muito feliz em poder contar com vocês! Notem nas fotos que levamos também 3 sacos de ração, os quais darão para alimentá-los por 1 mês e meio, pois são 5 cães de porte médio. Até um tubo de vitamina foi para a "Costelinha", a mais nova integrante...

domingo, 22 de maio de 2016

Campanha DEPILART ajuda a Ong SABE

Com o objetivo de ajudar no INVERNO dos animais carentes de Taubaté, a empresa DEPILART faz campanha para arrecadação de agasalhos e ainda uma promoção!

Opções para quem quer AJUDAR:
Pode levar um agasalho para doação (novo ou usado em boas condições)
- Se fizer uma depilação estará, automaticamente, doando R$5,00 para a Ong sabe

Campanha válida atá dia 30 de maio de 2016. Compartilhe essa ideia você também!

Maiores informações pelo whatsapp (12) 98152-7668


sábado, 21 de maio de 2016

VOCÊ SABE AS VANTAGENS DA CASTRAÇÃO? Ou ainda pensa que é apenas para que os animais não cruzem?

O Brasil tem hoje uma população de 37 milhões de cães e 21 milhões de gatos, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). 

Com os bichos vivendo mais graças aos avanços da medicina veterinária, as discussões em torno das vantagens da castração são cada vez mais pertinentes. Confira algumas delas:

- Previne doenças: A castração evita doenças graves que podem levar à morte. Em muitos casos, o único tratamento é uma cirurgia agressiva e, para o animal idoso, arriscada! Em cães fêmeas, por exemplo, a inflamação do útero, chamada piometria, exige cirurgia urgente para remoção do órgão. A cirurgia para remoção de tumores de mama e próstata, que acometem fêmeas e machos de cães e gatos não castrados, também traz risco ao animal, principalmente aos idosos. Machos com tumor de próstata podem, inclusive, ser submetidos a uma cirurgia de remoção de pênis. 



- Reduz a agressividade: Animais castrados deixam de produzir o hormônio testosterona, um dos fatores de comportamento agressivo no animal. Assim, a castração ajuda a prevenir brigas com outros animais da casa e diminui o instinto do cão de fazer xixi em todos os cantos para marcar território. 
- Reduz agitação: Com a diminuição do metabolismo resultante das mudanças hormonais pós-castração, o animal fica menos agitado e dorme mais. A tranquilidade ajuda a minimizar os danos materiais provocados por cães e gatos que adoram destruir a casa, principalmente quando ficam sozinhos. 

- Acaba com os cios e as gestações indesejadas: Fêmeas de fraldinhas pela casa ou atraindo matilhas pela rua durante o passeio e gatas que aparecem penhas depois de uma escapada (barulhenta) pela vizinhança. Os cios semestrais nas cadelas — nas gatas, eles são mais frequentes, podendo ocorrer a quatro vezes ao ano — podem ser evitados com a castração ainda no primeiro ano de vida do animal. 





- Prolonga a vida: Alguns fatores contribuem para que o animal castrado viva mais. Ao prevenir doenças, o procedimento reduz a chance de cirurgias na velhice, quando o risco é maior. A mudança comportamental também entra na conta. O gato castrado fica mais tranquilo e acaba saindo de casa com menos frequência — e, assim, se expõe menos a situações de risco, como brigas, atropelamentos e maus-tratos dos vizinhos.


sexta-feira, 20 de maio de 2016

CURIOSIDADE: REPRODUÇÃO ANIMAL

Um casal de animais pode originar muitos filhotes. Considerando que a cada ninhada novos animais cruzam entre si, em alguns anos são milhões de cães e gatos abandonados nas ruas. 
Confira o cálculo estimado para 10 anos de sucessivas gerações (média de duas crias por ano, com 2 a 8 filhotes de cada cria):

1º ano: 12 animais 

2º ano: 66 animais 
3º ano: 382 animais 
4º ano: 2.201 animais 
5º ano: 12.680 animais 
6º ano: 73.041 animais 
7º ano: 420.715 animais 
8º ano: 2.423.316 animais 
9º ano: 13.968.290 animais
10º ano: 80.399.780 animais

Vamos castrar?
E,a o invés de Comprar, vamos ADOTAR um amiguinho que está abandonado, querendo uma família? Podemos te garantir que ele tem tanto AMOR para dar a você, como aqueles que você compra.

Não reproduza, A D O T E !!!


Foto dos animais do CCZ Taubaté


quinta-feira, 19 de maio de 2016

Aos 18 anos morre Taco, Urso Polar do Zoológico no Chile

Uma vida de aprisionamento... 
As péssimas condições de vida do urso polar Taco já foi motivo de protesto por grupos ambientalistas em dezembro de 2014. O pedido para que o animal fosse transferido para viver em um santuário no Canadá chegou a mais de 55.000 assinaturas. No entanto as ‘autoridades’ diziam que o urso polar estava bem, e que iriam melhorar o recinto do animal ou que ele seria transferido para outro zoológico. 

Mas na sexta-feira pela manhã, Taco morreu. O zoológico de Santiago do Chile, emitiu uma nota que diz: “O animal nasceu em 10 de dezembro de 1996, no jardim zoológico em Roterdã, na Holanda e veio ao Chile doado por uma colaboração entre jardins zoológicos. Como será explicado, a necropsia foi iniciada para estabelecer a causa da morte de Taco que conseguiu viver 18 anos.” 

Aos 3 anos de idade Taco foi retirado dos braços de sua mãe, e enviado a América do Sul para um suposto “programa de colaboração entre zoos”. 
O meio-irmão de Taco, o urso polar Winner que também foi do zoo holandês para o Chile, foi posteriormente transferido para o zoo argentino, onde exatamente na noite de natal de 2012, morreu aos 16 anos de idade. Após os anos de cativeiro do Zoo de Buenos Aires, o barulho dos fogos de artifício aliado às altas temperaturas da cidade de Buenos Aires, causaram uma hipertemia no animal. 


Na época da morte do urso polar Winner, o diretor do Zoo de Santiago do Chile, fez questão de destacar que Taco vivia em melhores condições do que seu meio-irmão. No entanto ambos os recintos ursos polares eram similares. Ambos tinham piscinas e ar-condicionado. 
E como de ‘praxe’ também informaram que ambos os ursos polares vieram “doados”, do zoo de Roterdã, e que eram de uma geração de ursos nascidos em cativeiros e que foi feito um acordo com o Zoo de Buenos Aires para reproduzir a espécie na América do Sul. 

Coincidentemente na mesma semana, outros dois ursos polares foram trazidos da Rússia, para começarem sua vida de exibições no Brasil.


Aurora e Peregrino, foram os nomes dados aos ursos polares de 3 e 4 anos, que conforme divulgado para a imprensa não precisaram ser sedados para viajar da Rússia para São Paulo, “vieram a bordo de um avião de carga em compartimentos separados e climatizados”, exatamente o que poderia ser feito para transferir Arturo – o urso polar mais triste do mundo, para o Santuário no Canadá. Aos 29 anos de idade, o urso polar segue sofrendo no deserto da Argentina.

Texto: Marli Delucca / Fonte: ANDA

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Enquanto ganhou o Oscar 2016, Leonardo produziu documentário vegano

Não se sabe exatamente se Leonardo DiCaprio é ou não vegano. Há especulações e muitos dizem que ele é proto-vegetariano, porém, mesmo que ele ainda não tenha percebido que somente o veganismo faz o trabalho de libertação animal e preservação ambiental completo, ele já ajudou esta causa por ter produzido um dos documentários mais didáticos e acessíveis ao público, "Cowspiracy".



Se você ainda não viu, está na hora de fazer uma pipoca e juntar a família para uma sessão da tarde. O documentário é super completo e ajuda qualquer um a entender como os pequenos hábitos de alimentação, que envolvem o uso de produtos derivados de animais, está destruindo o meio-ambiente e poderá nos levar à extinção (afinal, o planeta não vai desaparecer, a gente é que vai!).

O documentário já está acessível pela internet:



Fonte: Cultura Veg

👉👉👉 Conheça o Insta da Tal Revista: AQUI 
👉👉👉 Conheça a fanpage da Tal Revista: AQUI 
👉👉👉 Conheça o Youtube da Tal Revista: AQUI

terça-feira, 17 de maio de 2016

INVERNO no CCZ (Zoonose) de Taubaté/SP. Vamos aquecê-los antes que morram de FRIO?

Nós estamos arrecadando, mas precisamos de doação para que, juntos, possamos salvar VIDAS! DOE. Nosso tel. e whats (12) 97402-9131

Talvez nas nossas casas, nas nossas camas e nos nossos edredons quentinhos, a gente não saiba o real significado da palavra "FRIO".

Quem já esteve no Centro de Zoonose de Taubaté (CCZ) sabe do que estamos falando. A realidade daqueles bichinhos inocentes não é mole! Nas estações de outono e inverno, a situação piora muito.

Mas só indo lá para vocês entenderem... Os quase 500 cães e os quase 200 gatos ficam no cimento! Algumas “alas” são aglomeradas de cães, que eles chamam de "comunitário" e muitas outras são cães sozinhos, tristes, loucos para terem uma casa, uma família e tudo que vcs já sabem! 

Lá é muito descampado, as "celas" são lavadas para manter a higiene, mas com água fria (lógico), então é um GELO! Em resumo, eles precisam da gente, pessoal. Estamos falando sério!!! Só que não adianta nos escrever e NÃO ajudar, não doar etc... 

Imploramos pela ajuda de todos para que deixemos esses bichinhos um POUCO mais confortáveis. Podemos contar com vcs? Tragam para nós, que levaremos na Zoonose e depois postaremos as fotos, como sempre fizemos. 

Muitíssimo obrigada, em nome dos anjinhos de 4 patas. 

O Mário que trabalha lá nos disse (dia 10/maio/2016) que estão precisando URGENTE de: 
- 20 paletes
- Lonas (qto mais melhor) 
- Bacias (tamanhos Médio e Grande) 
- Bomba (para por na mangueira)

Nós estamos arrecadando, mas precisamos de doação para que, juntos, possamos salvar VIDAS! DOE. Nosso tel. e whats (12) 97402-9131


DOE URGENTE: 
- 20 paletes
- Lonas (qto mais melhor) 
- Bacias (tamanhos Médio e Grande) 
- Bomba (para por na mangueira)

Nós estamos arrecadando, mas precisamos de doação para que, juntos, possamos salvar VIDAS! DOE. Nosso tel. e whats (12) 97402-9131



segunda-feira, 16 de maio de 2016

domingo, 15 de maio de 2016

Papa Francisco faz apelo: ”Não é digno causar sofrimento aos animais”

"Quando a pressão social chega aos ouvidos deles (empresas e líderes políticos), naturalmente os negócios precisam desenvolver novas soluções para o mercado. Isso mostra a enorme responsabilidade social que têm os consumidores." – Papa Francisco.

As palavras do Papa são surpreendentes, uma vez que ele é a figura mais importante de uma das instituições mais conservadoras do mundo. Isso, definitivamente, significa que os tempos estão mudando. Nós também precisamos fazer parte desta mudança. 
Sempre com discursos sóbrios, profundos e sábios, o Papa tem o talento de abordar assuntos crônicos com delicadeza e imponência e que servem de exemplo para todos, católicos e não católicos. Recentemente o Papa Francisco deu uma série de depoimentos com alto teor de preocupação em relação a mudanças que precisamos fazer para não entrarmos, em breve, em uma situação de colapso ambiental e social.

Felizmente, a questão da ética com os animais não poderia ficar de fora. O Papa demonstra reconhecer que a forma como tratamos os animais e o meio ambiente reflete na forma como tratamos uns aos outros.Segundo as palavras do próprio pontífice no seu Twitter oficial.

Seu discurso inspirador é importantíssimo mas leva um confronto de ideologias iminente com políticos e líderes (majoritariamente católicos) que sancionam leis que permitem práticas de extrema tortura de abate dos animais para as mais variadas vaidades do consumo humano. O Papa Francisco vem quebrando paradigmas e tabus na igreja, mostrando que é preciso revermos alguns valores para não ficarmos acorrentados a práticas e valores ultrapassados. A tortura e a covardia não têm mais lugar em um mundo civilizado e que deve zelar pela compaixão e pelo bem-estar comum.

É importante sabermos que noventa e oito por cento de todos os animais de abate estão em ambientes de produção industrial e vivem, desde o momento em que nascem, em condições absolutamente inaceitáveis para qualquer nível de dignidade humana. Mesmo os outros dois por cento deles, que somam mais de 1 bilhão de animais, também passam por momentos de total desespero no momento da morte. Estamos sujeitando animais inteligentíssimos e muito sensíveis a vidas inteiras de escuridão, solidão, mau cheiro, tortura, violência, pânico e covardia. Qual a justificativa? Essa indústria ocupa um terço de toda área descongelada do planeta e sujeita 70 bilhões de animais por ano a sofrimentos absolutamente desnecessários. E nós não enxergamos nada disso.

Abaixo, um curto vídeo de 60 segundos que mostra um pouquinho do que os animais passam para chegarem até os supermercados em forma de produtos.



Fonte: Revista Pazes

👉👉👉 Conheça o Insta da Tal Revista: AQUI 
👉👉👉 Conheça a fanpage da Tal Revista: AQUI 
👉👉👉 Conheça o Youtube da Tal Revista: AQUI

sábado, 14 de maio de 2016

Sabia que existem várias formas de ajudar nossos animais resgatados/abandonados de Taubaté? Faça sua parte! ❤️

Essas são as várias maneiras de você ajudar um animal resgatado:

🐾 Adote ou dê lar temporário! 


🐾 Pague consultas ou cirurgias caso você possa, ou doe ração apenas! 

🐾 Seja voluntário em uma ONG (como a Ong SABE - Associação Amiga dos Bichos e da Ecologia, de Taubaté) 

🐾 Compartilhe nas redes sociais!